Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

Nossas Vidas - Parte Final ( Pris Jardim)

Em uma tarde quente de verão enquanto estava passeando pela beira do mar, ouvi ao longe uma voz conhecida me chamando, por um momento não acreditei e quando chamou novamente eu olhei, era o Marcelo, meu irmão tão querido vindo em minha direção. Mal pude acreditar corri para os braços dele como fazia quando criança e sempre que chegava de viajem. Nos abraçamos fortemente. Marcelo meu querido, pensei que nunca mais o veria.- Disse beijando-o muito e com os olhos cheios de água. Calma minha querida, eu já estou velho, assim você vai me matar.- Disse ele dando uma gostosa gargalhada. Marcelo, o que faz aqui? Vim passar o Natal com minha irmãzinha, não posso? Passar o Natal, que felicidade, já estava pensando como ia ser triste passar o Natal aqui sozinha, sempre passamos com nossos avós, que alegria! É minha querida e não vim sozinho, Matheus veio comigo, afinal não ia deixar meu filhão sozinho. Nossa Marcelo, nem posso imaginar, um Natal em família como nos velhos tempos. Vamos ent…

Nossas Vidas 12º Parte ( Pris Jardim)

A casa estava do mesmo jeito que da última vez que estivi ali. Estava tão cansada que não pensei muito fui dormir no mesmo quarto que dormia quando ia passar as féria, ele era amplo e a janela dava para o jardim e era nele que iria ficar.
Na manhã seguinte fui acordada com batidas na porta da frente me assustei afinal ninguém sabia que eu já tinha chegado, desci rápido as escadas e fui abrir a porta. -Bom dia! É a senhora Carla eu imagino? -Sou eu mesma e você quem é?
-Sou a copeira que seu irmão Marcelo contratou para ajuda-la na arrumação e cuidar da comida- me disse aquela senhora de sorriso larga e gentil e antes mesmo de eu dizer qualquer coisa ela já foi entrando e se rumou para a cozinha eu fechei a porta e fui atras dela.
-Meu irmão não me falou sobre você. Como se chama?
-Meu nome é Odete, fui copeira dele por alguns anos, até a morte de sua esposa, depois ele e seu filho foram morar com sua mãe, aí ele me trouxe pra cá e disse que era pra eu manter a casa sempre limpa e…

Nossas Vidas 11º Parte ( Pris Jardim)

No dia seguinte resolvi que não mais ficaria parada vendo minha vida passar sem nada fazer por ela. Desde que nasci sempre me disseram o que fazer e a única vez que fiz alguma coisa pela minha cabeça tinha terminado do jeito que terminou, então resolvi recomeçar. Escrevi uma carta para o Marcelo pedindo notícias e contando as últimas que me aconteceram. Contei também que só agora havia lido a carta e enviei, sem saber se obteria respostas. Enquanto aguardava a resposta, peguei parte do dinheiro que o Rodolfo me mandará fui a cidade e comprei alguns vestidos novos, arrendei parte das minhas terras para o fazendeiro vizinho para a criação de gado. Fiquei com pedaço bom para minha horta e meu jardim, assim teria dinheiro e menos trabalho. Não queria mais saber de amar, queria passar os meus dias ali aonde um dia fui muito feliz. Escrevi uma carta para o Rodolfo e esperei até o dia do mensageiro dele me trazer o dinheiro, isso se realmente aquele homem voltaria. Na carta disse para Rodolfo se…