domingo, 27 de fevereiro de 2011

Apaixone-se


Apaixone-se  mais pela viagem...
do que pela chegada ao destino, 
a primeira opção é mais garantida
Apaixone-se  pelo seu corpo...
mesmo que ele esteja fora de forma,  
pois de "qualquer forma"
ele é a única casa  
que você realmente possue.
Apaixone-se pelas suas memórias...
todas são deliciosas e 
ninguém pode tirá-las  de ti, 
além de serem excelentes fontes de inspiração nos momentos de dor.
Apaixone-se pelas pessoas . ..
que estão ao seu lado pois,
na caminhada do dia-a-dia, 
a pessoa certa é aquela que está  
definitivamente ao seu lado.
Apaixone-se pelo sol... 
 ele é fiel,  gratuito,  absolutamente disponível...  
e te inunda de prazer.
Apaixone-se por alguém... 
não espere alguém  apaixonar-se 
por você só por garantia e segurança.
Apaixone-se pelo seu projeto de vida... 
Acredite!
A vida é única e só  a ti pertence
Apaixone-se pela dança da vida...
 que está sempre em movimento
dentro da gente, mas  que por
defesa teimamos por  aprisioná-la
Apaixone-se mais pelo significado
das coisas que você conquistar 
do que pelo seu valor material.
Apaixone-se por suas idéias...
 mesmo que venha julgar  
que elas para nada servem 
Apaixone-se por seus pontos fortes...
mesmo que os pontos fracos insistam  
em ficar em alto relevo no seu cérebro.
Apaixone-se pela idéia...
de ser verdadeiramente feliz; 
a felicidade encontra-se de sobra
nas prateleiras de seus recursos 
 interiores.
Apaixone-se pela música...
que você pode ser para alguém...
Apaixone-se pelo fato de ser  humano!
Apaixone-se definitivamente por você!
Apaixone-se  por alguém... 
O amor e a paixão nos fortalece,  
eleva a nossa auto-estima, 
a nossa  vontade de viver  
e a de ser muito mais feliz.

Caio Amaral

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Coisa Amar



Contar-te longamente as perigosas
coisas do mar. Contar-te o amor ardente
e as ilhas que só há no verbo amar.
Contar-te longamente longamente.

Amor ardente. Amor ardente. E mar.
Contar-te longamente as misteriosas
maravilhas do verbo navegar.
E mar. Amar: as coisas perigosas.

Contar-te longamente que já foi
num tempo doce coisa amar. E mar.
Contar-te longamente como doi

desembarcar nas ilhas misteriosas.
Contar-te o mar ardente e o verbo amar.
E longamente as coisas perigosas.

Manuel Alegre

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Alexandre Pires - Bum Bum Bum

Essa música é uma verdadeira declaração de amor!
Espero que gostem!
Pris

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Por Favor, Toque-me


Se sou seu bebê, por favor, toque-me...
Preciso de seu afago de uma maneira que talvez nunca saiba.
Não se limite a me banhar, trocar minha fralda e me alimentar, mas me embale estreitado, beije meu rosto e acaricie meu corpo.
Seu carinho gentil,confortador,transmite segurança e amor!
Se sou sua criança, por favor, toque-me...
Ainda que eu resista e até o rejeite, insista, descubra um jeito de atender minha necessidade.
Seu abraço de boa noite adoça meus sonhos; seu carinho de dia me diz o que você sente de verdade!
Se sou seu adolescente, por favor, toque-me...
Não pense que eu, por estar crescido, já não precise saber que você ainda se importa. Necessito de seus abraços carinhosos, preciso de uma voz terna.
Quando a vida fica difícil, a criança em mim volta a precisar!
Se sou seu cônjuge, por favor, toque-me...
Talvez você pense que sua paixão basta, mas só os seus braços detêm os meus temores. Preciso do seu toque terno e confortador, para me lembrar que sou amado apenas porque eu sou eu...
Se sou seu filho adulto, por favor, toque-me...
Embora eu possa ter até minha própria família para abraçar, ainda preciso dos braços de mamãe e papai quando me machuco!
Se sou seu pai idoso, por favor, toque-me...
Da mesma maneira que me tocaram quando era bem pequeno.
Segure minha mão, sente-se perto de mim, dê-me força e aqueça com sua proximidade meu corpo cansado. Minha pele, ainda que muito enrugada, adora ser afagada!
Se sou seu amigo, por favor, toque-me...
Nada como um abraço afetuoso para eu saber que você se importa.
Um gesto de carinho quando estou deprimindo garante-me que sou amado e me reafirma que não estou só. Seu gesto de conforto talvez seja o único que eu consiga!
Não tenha medo...
Apenas me toque!
Você consegue compreender o  poder que tem o toque?
Nas Escrituras Sagradas
(Antigo Testamento) haviam prescrições para que as pessoas não tocassem em...
Leprosos.
Porém Jesus o fez sem medo de ser contaminado:
“Jesus, pois, estendendo a mão, tocou-o, dizendo:
Quero; sê limpo. No mesmo instante ficou purificado da sua lepra.”
Mateus  8:3
Não se podia tocar em defuntos...
Porém Jesus, movido de compaixão por uma pobre viúva que perderá seu único
filho e, naquela “cultura machista”, era o filho sua única esperança de sustento, tocou-o também:
“Então, chegando-se, tocou no esquife e, quando pararam os que o levavam, disse: Moço, a ti te digo: Levanta-te.”
Lucas  7:14
Por que não imitarmos os Seus gestos e nos dispormos a tocar mais as pessoas que
nos são próximas e lhe dar um pouco de carinho, afeto?
Reflita:
Hoje você tem o privilégio de poder dar o toque...
Quem sabe amanhã você poderá necessitar receber o toque!

Texto recebido por e-mail

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Sonhos de um Anjo ( Pris Jardim) Parte Final


- Beto, aqui eu já sei. As pessoas se deixam influenciar pelos espíritos e se drogam e fazem sexo sem pensar nas conseqüências.
- Meu anjo. As pessoas fazem o que querem fazer, e se elas se deixam influenciar, é por que querem de livre e espontânea vontade e não fazem nada para mudar. Mas nem todas as pessoas que estão aqui sofrem obsessão, algumas se drogam por prazer, sem nem pensar nas conseqüências de seus atos para com seu corpo e seu espírito.
- Pensei que todas eram obsedadas!
- Não. No seu caso por exemplo, no começo você não era obsedada, mas com o tempo você atraiu para si espíritos afins e quando tentou parar eles tentaram impedi-la, mas graças a Deus você foi mais forte e conseguiu.

- Ûfa!!! Estou cansado só de ouvir. Que bom que apareceu esse “anjo” em sua vida! – disse Toninho.
-Quer que eu continue ou posso parar por aqui?
- NÃO, CONTINUE, CONTINUE!!!

Beto esta feliz com meu progresso e depois de ter me levado à aqueles dois lugares, decidiu me mostrar o lado “B”.
Fomos à uma festa, e qual não foi minha surpresa ao ver jovens dançando, brincando e se divertindo em um ambiente totalmente tranqüilo, livre de qualquer tipo de drogas.
- Beto, se alguns meses atrás alguém me contasse sobre esse lugar eu não acreditaria!
- Eu lhe trouxe aqui para mostrar-lhe que há diversão longe da perversão. Sem drogas, namorados se respeitando, muita alegria e confraternização entre todos.
- Beto, hoje sei o que tudo isso representa. Esses jovens também tem seus problemas, dúvidas e inseguranças mas não buscam nas drogas e nem no sexo a fuga ou solução dos mesmos.
Essa festa para qual o Beto em levou era simplesmente uma reunião entre amigos, pessoas que se gostavam, se afinavam e se aceitavam mutuamente. Se reuniam pelo simples prazer de estarem juntos.
Depois dessa festa...

- CARAMBA! Que noite mais agitada, heim? – Disse Toninho.
- Posso continuar???... como eu ia dizendo:

Depois dessa festa, Beto e eu fomos à um lugar lindo! Havia muita gente lá, principalmente adolescentes. Era uma colônia para jovens no plano espiritual, um lugar calmo, onde todos se respeitavam e transmitiam um amor sublime entre eles. Fiquei maravilhada com aquele lugar!
- Beto, é pra cá que virei quando desencarnar?
- Não sei lhe dizer, mas é aqui que eu moro agora. Lhe trouxe até aqui por que você está devidamente preparada, equilibrada e principalmente por que eu queria muito que você visse como é lindo esse lugar. Todos os jovens que desencarnam sem muitas atribulações espirituais vem para cá se aqui for o lugar deles, pois essa é apenas uma dentre as muitas moradas da casa do Senhor.
- É simplesmente maravilhoso... estou até sem fôlego!
Aquele lugar era lindo. Conheci alguns amigos do Beto e depois de algum tempo, para minha tristeza, voltamos para meu quarto.
- Beto, nunca vou esquecer o dia de hoje. Foi maravilhoso, obrigada!
-Fico feliz por ter cumprido minha missão, e mais feliz por poder ajudar uma pessoa da qual eu sempre amei muito...

- ÊÊÊÊÊ....
- Posso continuar, Toninho?
- Ta bom.Vai, continua!

- ...como um irmão, e como tal não ficaria em paz se não pudesse lhe orientar. Minha missão aqui está cumprida. Fique com Deus e nunca se esqueça de agradecer a Ele pelo simples fato de estar viva!
- Eu prometo!!

- Acordei feliz no dia seguinte, mas com uma sensação de que aquela havia sido a última vez que eu tinha sonhado com o Beto. Oito anos depois, estamos nós aqui. Eu quase me formando em medicina, querendo depois me especializar em pediatria e morando com o homem mais “tchucutchucu” do mundo!
- Ahhh... adoro quando você massageia meu ego dessa forma! Acreditando ou não nessa história toda, a verdade é que tudo isso te fez muito bem... mas e a Sami e o Hiroshi? Que fim levaram??
- Bem, aqueles doidos se casaram e tiveram um lindo mulatinho de olhos puxadinhos...a coisa mais linda! O Miguel é a razão da vida deles. Disso tudo eu aprendi que a vida só vale a pena se for vivida pela bondade e pela alegria de simplesmente estar viva e poder servir.
 - Minha querida, foi tudo muito bom, mas o que você acha de irmos dormir agora?... mas apenas uma única pergunta antes de dormirmos: O Beto nunca mais voltou?
- Depois daquela noite, não.
- ...adversário terrível esse Beto, hehehe...
- Seu bobinho... te amo! Boa noite!
- Boa noite querida!

Angélica e Antônio dormiram rápido e profundamente, um sono calmo, suave, digno de crianças.
Passado algum tempo, Angélica sente alguém tocar suavemente em seu ombro e escuta:
- Meu anjo, acorde! Vamos conversar um pouco?


Fim...

Escrito por Pris Jardim
Colaborador:  Eder Benedetti

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Sonhos de um Anjo ( Pris Jardim) Parte 8


- Beto, eu aprendo tanto com você!
- Fico feliz de saber, e mais feliz ainda por saber que meu trabalho não está sendo em vão.

Eu tinha aprendido tanto com ele, eu não usava mais nenhum tipo de droga. Todos os meus amigos tinham se afastados de mim, os únicos que permaneceram foram a Sami e o Hiroshi que apesar de serem “maluquinhos”, eram totalmente “caretas”.
Logo depois dessa conversa que tive com o Beto, o telefone tocou...

- Deixe, eu adivinhar Angel, disse Toninho: era a Sami te chamando para mais uma aventura!?
- Adivinhão!!! Disse Angel, sorrindo.

- ...alô!? Sami?
- Angel, você pode sair agora?
- Posso, por que?
- O Hiroshi me convidou para ir a uma exposição de Mangás com ele. Vamos?
- Mas que negócio é esse de Mangá?
- Sei direito não! É um tal de gibi japonês!
- Não sei não Sami... deve ser chaaato, mas vou arriscar!
- Ôba!!! Já já estou por aí então com o Hiroshi.

Três horas depois...
- Sami? Que roupa é essa?
- Fala, Angel ?! Minha gata não está linda? Respondeu Hiroshi.
Fiquei de boca aberta quando vi a roupa da Sami. Mas daqueles dois, eu sempre esperava de tudo.
- Obrigada gato! Disse Sami. – E Angel, esta é uma roupa típica das meninas retratadas nos Mangás, é só uma roupa de colegial japonesa!
- Só se for de colegial tarada, né? Olha só o tamanho dessa saia com pregas! E esse decote então? – disse Angel boquiaberta. (*olhar imagem de referência no final da página)
- Como você é careta Angel! Não dê atenção minha deusa, você está linda! – disse Hiroshi.
E lá fomos nós para a tal exposição.
- Hiroshi, que raio de exposição é essa? Só tem gibi, desenhos animados e um montão de gente com roupas estranhas!
- Minha deusa não são gibis, mas sim livros ilustrados. Aqui estão reunidas as melhores obras dos melhores desenhistas e roteiristas de Mangás do mundo!
- Hiroshi, que graça tem ver gibis, ver esse montão de gente vestidas com roupas estranhésimas...
- Angel, isso é pra quem tem sensibilidade, e não para pessoas que não tem o dom de apreciar as coisas realmente boas da vida. Bem-vinda ao meu mundo! Bem vinda ao mundo do COSPLAY*!
 - Coisa boa é ver essas meninas quase nuas desenhadas com roupinhas de colegial?... espere aí! Foi por isso que você me pediu para me vestir assim, seu tarado?! – disse Sami?
 - Caaalma minha deusa! Você está linda!!! Eu sempre quis ter uma namorada que realiza-se minas fantasias, rsrsrsrsrs!
- Bom... se é assim, então não tem problema...mas fiquei bonita mesmo???
Depois dessa conversa, eles continuaram vendo comentando sobre os “livros ilustrados”. Eu achava tudo muito engraçado e percebia que as pessoas que estavam ali se divertiam sem precisar de nenhum tipo de droga. Era melhor assim, elas conseguiam sentir com maior intensidade as coisas à sua volta.
Hiroshi e Samara estavão tão felizes e se divertiam muito até mais que nas baladas que curtíamos.
Roberto tinha razão. A vida é bem melhor quando vivida de maneira certa e sem medos, só curtindo o momento, porque se hoje temos um problema, amanhã esse problema de uma maneira ou de outra acaba se resolvendo. É como um dia chuvoso que estraga nosso passeio, mas não chove para sempre! Um dia o sol volta e o passeio se realiza.
Seis meses se passaram desde o meu primeiro sonho com o Beto. Eu me encontrava mais ajuizada. Meus pais que antes disso só pensavam em bens materiais, e depois do susto comigo, aprenderam como era gostoso ajudar a quem precisava. Nós três nos tornamos voluntários em uma creche e ajudávamos a um asilo. Promovíamos festas beneficentes e outros amigos de meus pais começaram a participar também.
Eu estava muito feliz, e aprendendo que a felicidade estava em viver e ajudar ao próximo, pois todos somos necessitados de auxílio.
Em uma noite, após termos voltado de uma dessas festas beneficente...

- Angel, acorde! Vamos conversar um pouco?
- Beto, meu anjo da guarda! Como é bom vê-lo novamente!
- Hoje, meu anjo, vou levá-la para conhecer os dois lados da vida. Sei que você e seus pais melhoraram muito, mas isso será  preciso para que você possa entender algumas outras coisas. Pronta?
- Então vamos! Estou ansiosa!!
Roberto primeiro me levou à uma clínica de aborto e me mostrou o quanto é horrível esse tipo de lugar. Ele me explicou que as moças não se preveniam e acreditando que só a vizinha poderia engravidar, e acabavam assim engravidando de forma irresponsável. Procuravam então aquele lugar para resolver seu “problema”.
Em um primeiro momento fiquei com pena delas, pensando como elas poderiam levar aquela gravidez adiante sem apoio nenhum, mas Beto me explicou:
- Sempre existe ajuda. No começo é difícil sim, mas com fé em Deus, tudo se resolve. O aborto cria uma dívida enorme para com o espírito que iría reencarnar, e após sua morte prematura a ex-futura mãe sofrerá muito até conseguir se recuperar**.
- Mas elas se recuperam integralmente?
- Não... sempre ficam seqüelas. É algo realmente terrível e muito triste para ambos.
Saímos da clínica e fomos para uma boate.
Continua...
* Imagem de referencia 

** Livro Deixe -me Viver- Irene Pacheco Machado-Psicografado pelo espírito Luiz Sergio-
 Luiz Sérgio mostra a história real do tormento por que passa um abortado e as conseqüências desastrosas para os que praticam o aborto.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...